24 outubro 2008

"As cenas são centenárias, mas não há quem não sonhe ser a mocinha ou o mocinho que cruzam olhares no embalo de uma serenata, que tenham nos olhos o reflexo da chama amarelada das velas sobre a mesa de jantar e que, emocionados, molhem o sorriso com lágrimas na entrega da rosa. O comportamente parece ridículo, mas também não há quem não sonhe em ficar sentado horas esperando o telefone tocar para, depois, relembrar palavra por palavra dada do outro lado da linha; escrever frases bregas no cartãozinho mais brega ainda(e achar um exemplo de bom gosto e originalidade); ficar sem fome(ou comer demais); ouvir música(melosa) sem descanso e perder o maior tempo imaginando os passos do outro. Não há quem não queira ser o motivo da "loucura" e da inspiração(mesmo desastrada) para o versinho que vem assinado pelo Chuchu, pelo Fofo ou pela Gatinha - apelidos que fazem o resto do mundo cair na gargalhada e ele(a) se sentir realmente fofo, um chuchu ou uma gatinha-. Os últimos românticos ganharam milhões de companheiros. O romantismo sobreviveu a todas as foram de revoluções de comportamento. Ele pode ter emprestado as vestes da modernidade, mas, despido, ainda tem as velhas formas que emocionam todas as gerações. Não há como negar. Não há quem não queira ser o 'te' do Eu te amo."

[Texto que eu peguei no fotolog de uma amiga]

15 outubro 2008


Troquei de carinhos, lábios, de abraços tentando suprir a falta que vez ou outra eu chego a sentir.
Engraçado como é momentâneo, faço questão de ter outros em minha vida. Tento investir em algum, mas meu coração não quer entender isso de jeito algum. Talvez ele consiga ser mais burro que eu.
Mas sei que eu não vou me arrepender de ter ouvido ao meu coração toda vez que ele queria gritar para todo o mundo o quanto ele precisa de você dando os cuidados devido a ele..
Ontem soube de uma notícia onde a velha cerveja não deixou pesar tanto.
Graças à cerveja não senti a dor que eu esperava sentir, mas ainda sim é meio confuso ver como uma vida de dois anos pode ter terminado desse modo tão melancólico.
Talvez você esteja conseguindo levar a sua vida adiante, talvez nem exista mais sentimento por mim e sim por outra garota. E hoje eu que me vejo como a terceira da história, não é para eu estar aqui parada esperando você querer chegar. Não é para eu ser um calo nos seus relacionamentos.
Eu preciso do meu relacionamento, eu preciso de alguém que possa me dá o mesmo que eu tenho para oferecer e você não tem, nunca teve. Sempre me contentei com pouco ao seu lado.
E talvez seja isso o que Deus quer, quer me recompensar, mas para isso eu preciso me livrar de todo um passado que eu construí sozinha, iludindo com sonhos, beijos verdadeiros, cobertores, chuvas e brigadeiro em dias frios.
É passou! e eu ainda me mantenho aqui em pé, mas morrendo de vontade de de deitar e ficar chorando até passar!

Que horas?


Já é madrugada. Os grilos cantam enquanto eu escrevo. Todos dormem, minha alma faz tempo que não descansa, parece ter insônia constante e não consegue se desligar da sua. Preciso de calma, preciso de um “eu te amo” de um desculpa e você dizendo “eu não queria e não quero te fazer sofrer.” Parei de falar com Deus sobre nós hoje, não vou mais pedir suas migalhas de amor, um amor sujo que consome o meu ser. É um querer tão intenso que eu tenho por você que chego a pensar que deve ser encosto. Almejo-te com todas as forças, com todo o coração e eu me vejo ridícula pedindo isso tudo. Não consigo colocar na minha cabeça que você não seja o homem da minha vida e procuro qualquer refúgio, qualquer lembrança mesmo que antiga que me mostre o quanto você é bom. Mas elas não se encontram mais no grau de freqüência quando você me vem a mente. Só consigo lembrar as brigas, dos foras, das lágrimas, das dores que eu passei e mesmo assim não paro de acreditar que um dia você veja a pessoa que sempre te quis de qualquer jeito, com qualquer condição e veja a oportunidade que perdeu de receber um amor intenso e altamente verdadeiro. Chegou a hora de eu desistir de você. A nossa história já teve ponto final e eu vivo apagando e colocando vírgulas esperando que nunca faltem linhas para eu continuar a escrever. Poderia dizer que a nossa vida se resume em um circo onde eu sou a grande palhaça, onde fico rindo das minhas própias desilusões e você é um dos integrantes da platéia onde acha interessante todos os risos, todas as desilusões que eu tento transformar em alegrias forjadas para vê se assim eu consiga me convencer que sim, eu posso ser feliz sem você!


-
Escrito faz um tempinho.

12 outubro 2008


Uma lua no céu
Eu fiz sorrir
E você nem aí
E no pingo da chuva
Dei um nó
No final fiquei só
Você nunca mereceu
Você nunca se tocou
Nunca mais você e eu
Já morreu, já passou...

06 outubro 2008


Conheci outro rosto, outro beijo, outro carinho, outro abraço e outro afago.
E quer saber? gostei! :}
Estou quase um robô, porque as coisas estão se tornando automáticas até demais. Mas dessa vez eu que aperto o botão de liga e desliga!

02 outubro 2008


Parei de tentar, lembrar, querer.
Agora só quero esquecer.

24 setembro 2008

Está mais do que na hora da gente parar de se alfinetar em fotologs, orkuts, depoimentos ou coisa do tipo. Cansei já dessa brincadeirinha querido!
Enfim meu post é dedicado sobre um post que eu li hoje.


Você é a pessoa que eu conheço que mais fala em pessoas hipócritas, o quanto abomina e etc. Mas no final de tudo não aceita que também é exatamente desse jeito o que te torna mais hipócrita³.
Enxergo primeiro o meu nariz, porque por muito tempom a ilusão que tudo o que a gente viveu era verdadeiro e mesmo com problemas era felicidade. Hoje vejo que me enganei, e olhe que engraçado entramos em acordo em certas coisas. Também não tenho mais paciência para agüentar um relacionamento fracassado como o nosso e também quebrei a cara, vendo agora sem máscaras a pessoa que eu me envolvi e gostei muito, ser totalmente diferente daquela que eu imaginei que era. deixei de olhar o que realmente se passava comigo e sim sempre entendendo e aceitando sentimentos de outras pessoas acreditando em tudo o que você me dizia e que realmente tudo o que as cartas e todas as palavras que eu recebia pela manhã fossem verdade, co
E agora eu acho até graça quando você diz que eu faço papelzinho de sei lá mais o quê, percebi que você não me conhece e não sabe a metade do que eu penso e acho sobre você, sobre tudo!
Digo que tudo isso é um espetáculo, porque isso sim, esse post, o seu post, os nossos orkuts estão ridículos, e as nossas atitudes altamente infantis!!
Pessoas que ficam de recadinhos e respostinhas em porra de internet, onde todo mundo participa e acompanha as nossas vidas, pessoas até que nem conhecemos.
E continue me chamando de ridícula, de hipócrita, mocinha e coitadinha porque eu sei que tudo o que tu fala está na tua cabeça e só eu sei se eu sou isso tudo ou não.
e quer saber? Não ligo mais. Pouco me importa agora o que tu acha ou deixa de achar sobre a minha pessoa, sobre minhas atitudes, sobre o que tu sente. Não me interessa mais, fato!
Se quiser jogar toalha, lençol, folhas e balde o problema não é meu.
Até aconselho! Jogue mesmo! Aperte aquela teclinha ali do “foda-se” porque eu já apertei o “delete”.
Se quiser continuar com essa imagem que eu não presto, que eu sou hipócrita, que eu só olho para o meu umbigo, que eu não me importei em nenhum momento com você, que eu fui falsa durante todo esse tempo, que tudo isso é só para o povo pensar que eu sou a única que sofri e para me acharem a certa da história, ACHE! Se você quer ter essa visão, faça bom aproveito!
Mas eu sei o que eu senti e a intensidade que senti e o quanto fui e sou verdadeira em todos os momentos. Mas pelo visto você não tem a capacidade de entender, de conseguir enxergar que realmente tudo o que eu escrevo possa ser verdade. Você tá longe de conseguir entender as minhas atitudes, resultado da idiotice de todas as vezes que eu dei ouvido ao coração.
Se você acha que não conseguiu despertar tudo de bom o que eu senti sempre por você e o quanto eu possa ter ficado mal com tudo isso. É porque você realmente DESCONHECE muita coisa!
Uma coisa que eu sempre fui querido foi ser transparente!
Nunca fui outra, nunca tentei ser outra, nunca quis fazer papel algum, mas sempre tentei melhorar.
É fato que certas coisas eu não consegui e elas continuam comigo até hoje.
Mas não vou mais mudar, não quero mais mudar! Todas as tentativas de te fazer enxergar alguma coisa que pudesse trazer algo de positivo nas nossas vidas foram inúteis.
Talvez eu realmente nem preste, chego até a sentir pena de certas coisas que tu fala.
Tu não sabe a merda que ta falando e fazendo!
Mas é assim mesmo, goste de quem gosta de você e imagino o quanto você deve estar bem acompanhado, para seguir essa frase.O direito é todo seu de fazer o que bem entender com a sua vida, então aproveite!
Não estou aqui para julgar sentimento de terceiros, mas faça um balanço da sua vida pelo visto você ta precisando.
E se tu ainda quiser me fazer um favor, para de ficar com posts direcionados a mim.
Porque esse aqui foi o último pra tu, se realmente você cansou disso tudo estará fazendo um favor para mim também não se importando comigo.
Nem me amando, me adorando, nem me suportando ou gastando o teu tempo me odiando. Prefiro que tu não sinta nada, nada!
Que eu me torne indiferente para tu, assim como você está se tornando para mim a cada dia que passa!
É isso para o que eu realmente torço, garanto que vai fazer bem a nós dois.

23 setembro 2008

“eu quis te convencer, mas chega de insistir”


O amor se foi, a saudade acompanhou, o sorriso sumiu.
Todos estão indo embora e eu ainda estou aqui parada!
Não me movi, não corri, não sumi e hoje eu vejo que eu deveria ter feito isso há muito tempo.
Mas o mundo está aí, continua girando, continua dando suas voltas como o destino exatamente escreveu.
Agora eu espero não mais você, não mais as suas mãos, não mais os seus beijos.
Espero que o mundo continue girando mostrando como as pessoas realmente são sujas, monstros, puras ou lindas.
Agora não existe mais vontade, agora há nojo, não existe mais vontade e o conforto que eu sentia em “te ver” todos os dias. Fugirei como o diabo foge da cruz, para assim ir caminhando em frente, seguindo meus passos, esperando alguém que tenha a capacidade de aceitar os meus defeitos e qualidades que consiga enxergar em mim algo maior que a minha aparência, mas o principal, minha alma e que goste exatamente assim sem mais nenhuma modificação.

14 setembro 2008



Agora eu não aceito qualquer coisa nem gosto mais de me enganar.

10 setembro 2008


Eu vejo casais apaixonados, beijos, abraços, juras de amor eterno e única coisa que eu sinto é a pureza do momento, a felicidade instantânea, os sorrisos que se abrem com qualquer gesto de carinho.E para ser sincera e ainda tento não ser pessimista por causa da porcaria de uma desilusão amorosa, a única coisa que eu consigo pensar é que um dia tudo aquilo vai acabar e alguém vai lembrar exatamente desse momento que eu estou vendo. Dois casais, sorrindo, se enchendo de carinhos e lembranças. Lágrimas irão cair,a dor irá surgir e tudo o que um dia foi construído vai ser apenas um passado que veio para nos ensinar muitas coisas mas nem por isso vai deixar de ser triste, e aí alguém que faça parte do que foi um casal vai acabar pensando desse mesmo modo que eu vos descrevo.

06 setembro 2008


Moça, de seios fartos, cabelos de cobre e pele branca salpicada por eventuais sardas. Suas sardas é o que me chama mais atenção.
Não precisa de muita coisa para se tornar atraente, o seu jeito, o seu corpo de mulher fatal atrai o olho de qualquer homem que está na rua, shopping, bar e shows.
Quanto Glamour!
Como eu adoro olhar para a pose de “Mulherzinha” dela. Sempre arrumada, mas não patricinha. Levemente maquiada. Adora dentes e sorrisos. Muito concentrada, moça responsável. Fica nervosa fácil.
Anda, rebola, dança e ainda diz que não tem jeito para a tál.
Ahhh como ela enfeitiça e como eu adoro olhar quando está um pouco embriagada o jeito como se solta, o jeito como a sua risada sai fácil.
É a confusão se é menina ou mulher pesa nos ombros e nos olhos porque é notório o rosto de bebê, os traços finos e aquele Amor infantil e doce.
Mas um pesar que a gente não se incomoda porque a luz que ela emite só de sorrir assim daquele jeito dela é que descarrega tudo que era pra ser carregado e pronto.


Quer saber? Admiro-a e ela nem sabe.

Rê não sei explicar, mas sei que tu entende.
:*

Para: Renata Santiago.

03 setembro 2008


Queria parar de ficar falando dessas minhas passagens idiotas de estupidez, sério mesmo! Vocês já devem ter percebido muito bem que todos os meus textos se direcionam para um único assunto e uma única pessoa. Mas enfim essa pessoa chega a ser a minha fonte de inspiração todos os dias, seja falando de amor ou de dor.
Ultimamente estou querendo deixar a dor de lado e vê o quanto eu posso ser feliz sabe? Independente de palavras soltas e de dias que eu considero “perdidos”.

Eu acredito que eu tenho que parar com essa minha desgraçada vontade de vomitar todos os meus sentimentos, medos e anseios em textos, cartas, mensagens e bilhetes.Sinto-me bem ou menos “pior” colocando isso para fora, talvez porque eu não posso falar diretamente tudo o que eu sinto para uma pessoa, e eu escrevendo em uma folha branca no fim acabo me sentindo entendida. Talvez tudo o que eu esteja escrevendo hoje nem faça mais sentido amanhã, ou eu acabe começando a ter certeza o quanto eu era idiota e tinha ainda que aprender muita coisa nessa vida. É engraçado algumas pessoas preferem usar máscaras para esconder o que sente. Seja dor ou felicidade. Admiro as pessoas que não sentem vergonha dos seus sentimentos que gostam de deixar suficientemente claro para quem quer que seja ou apenas uma única pessoa saiba o que realmente se passa dentro delas.

30 agosto 2008


era tanto ciúme que eu cansei, e fiquei só com a saudade.

29 agosto 2008


Eu juro que a última coisa que eu queria sentir por você fosse decepcção e nojo.
É!eu estou começando a sentir! ¬¬

Minhas mãos, ridículas, escrevem cartas e cartas, e amassam porque eu mando, e reescrevem porque eu não as controlo. Queria saber quando foi que meu corpo deixou de ser meu. Queria saber quando foi que eu perdi o controle. Foi quando te conheci ou quando deixei de saber quem você era?

21 agosto 2008


Surgem mudanças, não sou mais aquela Juliana de alguns meses anteriores. Há quem não acredite. Já quis mostrar variadas vezes, já quis variadas vezes ter apenas mais UMA chance para que agora pudesse ser diferente.Mas não é mais a minha vez de correr atrás, de querer reviver o passado, de lembrar a todo momento e também de prometer para mim mesma que eu não iria mais fazer isso. E realmente dessa vez eu quero e espero cumprir essa promessa minha, já que antes para ter um relacionamento estável, eu preciso ter um comigo mesma. :}


Mesmo querendo eu não vou mais te pedir para voltar baby! :}

Mas vou guardar o retrato que eu te tirei.
Nele os teus olhos não conseguem esconder que tu estavas feliz.

20 agosto 2008


"Se o amor existe, seu conteúdo já é manifesto. Não se preocupe mais com ele e suas definições. Cuide agora da forma. Cuide da voz. Cuide da fala. Cuide do cuidado. Cuide do carinho. Cuide de você. Ame-se o suficiente para ser capaz de gostar do amor e só assim poder começar a tentar fazer o outro feliz."

15 agosto 2008


Em alguns minutos eu escrevo e apago milhares de linhas de pensamentos. Só me vem vontade de escrever, acho que tudo o que eu precisava dizer já foi dito, tudo o que era para sentir já foi sentido e agora eu não posso mais dizer “eu não sei”.Sei muito bem o que se passa na cabeça dele e o que eu devo fazer, sei como eu estou, como eu me sinto olhando toda essa situação e por incrível que pareça estou aliviada. Talvez eu esteja me “acostumando” ou simplesmente preferindo não pensar, não achar nada, simplesmente deixando a vida tomar o seu rumo sem nenhuma interferência minha. Não minto dizendo que eu não queria voltar em alguns meses atrás, começar do zero, ter mudado em algumas atitudes, ter pedido desculpas quando estava errada, controlado as minhas inseguranças e meus medos, ter me importado menos com a falta de tempo e ter dado mais valor quando estávamos juntos. Queria muito ainda me doar como eu sempre fiz para o amor. Nunca amei pouco, sempre fui exacerbada de sentimentos e sempre fiz questão de demonstrar a pessoa que estava comigo o quanto ela era ou ainda é importante para mim. Seja amando e sendo amada da mesma forma, seja amando e não recebendo reciprocidade, mas eu acredito que quando nós amamos e sentimos que isso realmente é verdadeiro temos que falar o que sentimos pela outra pessoa, faz bem para a alma, pelo menos para minha. Uma coisa que eu realmente acredito é que nós somos mais felizes quando estamos acompanhados de alguém que nos queira tão bem, por alguém que nos mostrem todos os dias a capacidade de nos fazerem felizes quando o mundo está de cabeça para baixo. Talvez eu não consiga passar muito tempo nessa mesmice, nessa minha confusão de sentimentos, É! Eu estou começando a cansar de me lamentar até porque eu percebi que isso não adianta de mais nada. Não adianta querer mudar algo que já está bem definido.


Agora eu deixo o tempo+destino colocar as coisas como devem ser. :}

12 agosto 2008


É impressionante como eu mesma consigo fazer e refazer as minhas ilusões.
Ao mesmo tempo que eu tento melhorar o meu ponto de vista coloco algo que venha a me frustar em qualquer momento bom que possa aparecer.
Talvez eu complique demais as coisas, mas vale salientar que nunca o que eu estou passando vai ser fácil para alguém. As coisas ainda estão muito superficiais e nada está MUITO claro. Talvez seja esse um dos motivos das minhas criações idiotas e estúpidas.
Ultimamente venho até melhorando comparado a um mês anterior, consigo olhar as coisas com mais nitidez, mas mesmo assim ainda ficam algumas perguntas não respondidas e alguns desejos que já foram comprovados que o melhor é ficar só comigo.
Enfim, acho que se eu falar demais vou acabar me odiando!
Tchau :*

08 agosto 2008


Ás vezes eu só necessito de vocês, engraçado como depois de algum tempo nós percebemos o quanto nós só queremos um apoio de amigos! :)

Amo! (L)

07 agosto 2008


"Assim que quer, assim será
Eu vou pra não voltar
Toma este anel que é pra anular
O céu, o sol e o mar
Eu não queria ir assim
Tão triste, triste...
Vem dizer adeus ao que restou de quem um dia foi feliz."

Los hermanos

03 agosto 2008


Aqui..
Eu nunca disse que iria ser a pessoa certa pra você.
Mas sou eu quem te adora.

Se fico um tempo sem te procurar é pra saudade nos aproximar.
E eu já não vejo a hora.

Eu não consigo esconder certo ou errado, eu quero ter você.
Ei, você sabe que eu não sei jogar não é meu dom representar.

Não dá pra disfarçar, eu tento aparentar frieza mas não dá.
É como uma represa pronta pra jorrar querendo iluminar a estrada, a casa, o quarto onde você está.

Não dá pra ocultar algo preso quer sair do meu olhar.
Atravessar montanhas e te alcançar.
Tocar o seu olhar te fazer me enxergar e se enxergar em mim.

Aqui
Agora que você parece não ligar que já não pensa e já não quer pensar
Dizendo que não sente nada.

Estou lembrando menos de você.
Falta pouco pra me convencer que sou a pessoa errada.

Eu não consigo esconder certo ou errado, eu quero ter você.
Ei, você sabe que eu não sei jogar não é meu dom representar.

Não dá pra disfarçar, eu tento aparentar frieza mas não dá.
É como uma represa pronta pra jorrar.
Querendo iluminar a estrada, a casa, o quarto onde você está.

01 agosto 2008


Eu gosto do teu sorriso. Gosto do gosto do teu sorriso. Gosto, mais ainda, do teu sorriso no meu sorriso. Perto, quase fazendo um sorriso só. Gosto de fazer-te sorrir, e quando desmancho teu sorriso em beijo. Gosto quando negas que é o mais bonito, e quando dizes que o meu ganha. Mas como? Se o meu só existe com o teu? Se o meu, nasceu pra acompanhar o teu?
Eu espero nosso poema concreto. Eu desperto teu desejo secreto. E que passem dias, e meses e o ano. E que me importa que tenham outros? E outras? E que tenham outras línguas que não as nossas? E que fale francês, inglês, árabe? Importa mais é que o sorriso permanecerá, indiferente dos quilômetros, independente do resto do mundo. Talvez aí, onde te escondes, o pôr-do-sol seja diferente deste que vejo, diferente como pra mim teu sorriso é diferente de todos os outros. É diferente porque é teu, sendo meu. Assim como sou tua, ainda que eu não seja de ninguém. Trazes poesia pra menina que precisa de poesia, pra menina que respira poesia, pra menina que chora poesia. Trazes, ainda, esperança. Indissolúvel esperança. Com gosto de saudade. Saudade do muito que ainda temos pra viver. Saudade de todos os sorrisos teus que eu guardo meus olhos pra ver.

31 julho 2008


A cada dia eu passo ter uma nova visão das coisas, sério mesmo!
É um que diz de um lado, é outro que defende do outro.
E eu sempre fico no meio da encruzilhada sem saber o que seguir, o que pensar, o que fazer.
Eu sei que não devo escutar ninguém, que eu tenho que ir pelo o que eu acho ou pelo o que está realmente comprovado. Mas digamos que ultimamente até o que eu acho ou deixo de achar me inferniza.
A cada dia eu decido fazer algo para sair desse tédio, dessa angústia melhor dizendo dessa dor filha da puta que não sara de jeito algum.
Já tentei pensar que o melhor é me afastar, mas o desejo me consome e me faz gelar ao ver a porcaria de uma plaquinha de msn a subir toda madrugada e me dói mais ainda ir a porra de um orkut só para vê se tem novidades, se eu consigo descobrir se ele tá bem ou mal sem mim.
E isso tá me causando nojo, dor, ódio sei lá e quanto mais eu vejo essas porcarias que ajuda bastante a estragar um carinho que a outra pessoa sente pela outra, mas eu percebo que a melhor solução é deixar de ver e de sumir por uns tempos.
Mas fugir do problema ainda não é solução para ninguém e isso só me faz criar espectativas e quer saber?
Foda-se o dia de hoje, eu quero dormir e só acordar quando a tempestade tiver terminado.

08 janeiro 2008


Em uma mistura de sensações, vem você a me acalmar.

Em um tom suave; fala ao meu ouvido que possui amor por mim.

Não sabe ele, que eu o amei o tempo todo!

^^

Texto lindo :)

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão.

O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.Você ama aquela petulante.

Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem noódio vocês combinam. Então?

Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha.

Ele não tem amenor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga.

Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você amaeste cara?Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucurapor computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.Não funciona assim.

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC.

Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso.

Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.



Arnaldo Jabor