07 junho 2009


Nessa página em branco, estou procurando o que escrever.
Estou pensando se eu deveria falar disso tudo que eu guardo, se isso ainda sim importaria.
Depois de algumas cervejas, vejo as verdades querendo sair, tento engolir, guardá-las para mim, evito chegar a essa tela e desmanchar todas as farsas que eu criei.
Eu respiro, peço para que essa vontade vá embora, mas ela não vai.
Acabou o efeito do álcool. Fui ouvir algumas verdades, e as minhas não conseguem mais sair.
A inspiração não chega mais perto de mim, a vontade de escrever não passa.
Agora as palavras travam,estão engasgadas no meu peito, nada mais.
Quer saber? Vou pegar mais uma cerveja, essas verdades devem ser ditas.

4 comentários:

E vem a Ana... disse...

"o alcool entra e a verdade sai", fato!
rs

R.Vinicius disse...

"Quando grita uma voz, preciso é ouvi-lá." E entre as linhas podem haver diversas verdades.

Abraço,

R.Vinicius

Jéssica Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jéssica Souza disse...

E eu me sinto exatamente assim,por isso que uso o que tu escreve,por isso não se espante se ver alguma frase sua no meu msn ou orkut!
oskapoksopaksoaks :*